Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Metal Global

Um programa de metal, com noticias e agenda de concertos.

Devin Townsend no Vagos Open Air

Após as recentes e inesperadas mudanças de formação no seio dos Nevermore, que deram origem ao cancelamento de todos os espectáculos que a lendária banda norte-americana tinha agendado para a Europa durante o Verão, DEVIN TOWNSEND PROJECT junta-se agora aos MORBID ANGEL, OPETH, TIAMAT, ANATHEMA, IHSAHN, KALMAH e ESSENCE – e aos portugueses WE ARE THE DAMNED, CRUSHING SUN, REVOLUTION WITHIN e MALEVOLENCE – no cartaz da III Edição do Festival Vagos Open Air. Uma verdadeira substituição de peso, garantida por uma das mentes criativas mais brilhantes, e carregadas de personalidade e carisma, de que há memória no universo da música extrema. Como artista a solo, produtor de excepção, membro dos extintos Strapping Young Lad – com quem integrou festivais de renome como o Ozzfest e o Download – ou vocalista do álbum «Sex And Religion», do mago da guitarra Steve Vai, o multi-facetado músico e criador canadiano afirmou-se desde cedo como uma lufada de ar fresco num espectro em que a banalidade é frequentemente confundida com talento, sendo alvo de aplausos unânimes por parte do público e da crítica.
Nunca interessado em esquivar-se a mais uma declaração de intenções, DEVIN TOWNSEND chega ao palco instalado na Lagoa de Calvão, em Vagos, com dois dos discos mais esperados deste ano debaixo do braço. Depois do lançamento de «Addicted» e «Ki», em 2009, o músico acaba de editar os dois álbuns finais da sua extravagante tetralogia sob a designação The Devin Townsend Project. Depois de ter colocado um ponto final na carreira dos Strapping Young Lad em 2007 e de ter surpreendido muito boa gente com o tresloucado «Ziltoid, The Omniscient», recuperou o equilíbrio e voltou ao activo há dois anos com um par de discos mais focados.