Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Metal Global

Um programa de metal, com noticias e agenda de concertos.

Metal Global #8 - Ralf Scheepers em destaque!

Scheepers

 

Na edição #8 de Metal Global, vamos dar grande destaque ao vocalista alemão Ralf Scheepers. O vocalista dos Primal Fear lançou o seu primeiro disco a solo, e nós estivémos à conversa com Scheepers e vão poder ouvir a entrevista na íntegra no próximo sábado, ao meio-dia na Antena 3 Rock. Para além da entrevista, vão ouvir temas do disco a solo de Scheepers, bem como temas dos Primal Fear e Gamma Ray.

Mais nomes confirmados para o VOA

press release:

 

À medida que os meses de sol começam a aproximar-se, também o cartaz da III Edição do Festival Vagos Open ganha mais músculo, fibra e corpo. O norueguês IHSAHN e os dinamarqueses ESSENCE juntam-se aos já anunciados MORBID ANGEL, OPETH, TIAMAT e KALMAH, adicionando ainda mais peso e variedade ao rol de bandas que vão subir ao palco instalado na Lagoa de Calvão, na idílica paisagem circundante a Vagos, durante os dias 5 e 6 de Agosto. Mantendo inalterada a tradição de mostrar também talento nacional e provar que o que se faz por cá não fica a dever absolutamente nada ao que se faz lá fora, as presenças dos WE ARE THE DAMNED, CRUSHING SUN, REVOLUTION WITHIN e MALEVOLENCE já estão asseguradas e prometem aquecer ainda mais um evento que se pretende memorável. Do death'n'roll demolidor ao death metal mais ambicioso, passando pelo metal extremo técnico e pela fusão de metal e hardcore – o reflexo perfeito de um cartaz diverso que tem tudo para agradar aos apreciadores de música pesada em todas as suas vertentes.

 

Um dos líderes e pioneiros do controverso movimento black metal norueguês do início da década de 90, IHSAHN – nascido Vegard Sverre Tveitan, em Notodden, na Noruega – ainda é conhecido sobretudo como o vocalista, guitarrista, teclista e principal motor criativo dos lendários Emperor. A banda, que valeria a Ihsahn e ao seu companheiro Samoth rasgados elogios por parte da comunidade metaleira, começou quando, aos 13 anos, Ihsahn pegou pela primeira vez num instrumento. Com apenas 17, o precoce músico gravaria «In The Nightside Eclipse», apontado consensualmente como um dos discos de estreia mais marcantes e influentes de sempre no seu espectro e um clássico do género em que se insere. Os lançamentos seguintes cimentaram-lhes e reputação e, depois da separação do projecto em 2001, o talentoso multi-instrumentista tem dividido o seu tempo entre o estúdio que gere, a sua editora e uma abordagem ainda mais arrojada e experimental ao método de composição e à música, materializada em projectos como Thou Shalt Suffer, Peccatum ou Hardingrock e em registo que continuam, sobretudo, a mostrar toda a sua relevância como compositor. Com o seu projecto a solo, completou em 2010 uma trilogia musical com a edição «After», assinado um dos seus registos mais ambiciosos de sempre.

 

Descritos por Jakob Mölbjerg, dos Mercenary, como "a melhor banda dinamarquesa de thrash desde os Artillery" e por Carsten Nielsen, dos próprios Artillery, como músicos "cheios de energia e carregados de riffs orelhudos", os ESSENCE afirmam-se já como uma das grandes esperanças do thrash europeu. Podem ter apenas seis anos de existência, um EP e um álbum no currículo, mas a verdade é que, apesar de serem uma banda relativamente jovem, mostram-se apostados em impressionar quem os vê. Durante os últimos seis anos têm vindo a conquistar rapidamente território em solo europeu com o seu thrash metal declarada e orgulhosamente old school, reminiscente de clássicos do género como os Slayer, Exodus, Kreator, Destruction, Sodom ou Testament. Muito jovens e cheios de atitude e sangue na guelra, os quatro músicos oriundos de Aalborg já dividiram palcos com a elite dinamarquesa do som pesado, já actuaram em festivais como o Danish Metal, o Metal Magic ou Aalborg Metal e agora, com a estreia «Lost In Violence» acabada de editar, prometem devastar os palcos por onde passarem.

 

Os bilhetes custam 30,00 euros (diário) e 50,00 euros (passe dois dias) à venda nos locais habituais. À venda está ainda uma primeira edição especial de 500 passes que inclui oferta de t-shirt oficial do festival.

Pág. 10/10